Como criar processos na corretora de seguros

Postado em 22 de julho de 2021 por Segfy

Já dizia Pitágoras: com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito. E você, corretor, já desvendou esse segredo?

Se as suas tarefas ainda não estão bem definidas e os imprevistos fazem parte da sua rotina, chegou a hora de descobrir como criar e organizar processos na corretora de seguros.

Mas calma, a gente te ajuda nessa missão! Preparamos um guia prático para otimizar a gestão da sua corretora de maneira inteligente e super eficiente. 

Vamos lá? 😄👇

Por que criar processos na corretora de seguros?

Antes de tudo, é preciso entender qual é o real motivo e a necessidade de criar processos na corretora de seguros, não é mesmo? A boa notícia é que se você ainda não sabe a resposta, hoje vamos revelar e explicar tudinho.

Bom, existem basicamente 3 fatores principais que podem atrapalhar e limitar o crescimento da sua corretora, que são: a ausência de planejamento estratégico, processos defasados e uma distribuição falha das tarefas ou responsabilidades.

Afinal, o crescimento de uma corretora é resultado de uma sucessão de ações bem planejadas, executadas e monitoradas, incluindo a integração com todas as áreas para manter a sintonia e a evolução constante. Ou seja, nada pode ficar de fora.

É preciso identificar qual é a atual situação da sua corretora de seguros, onde você quer chegar, o que precisa fazer para isso e quais são os recursos que vão te ajudar a conquistar esses objetivos.

Quando se tem, por exemplo, processos muito burocráticos, complexos ou até mesmo a sobrecarga da sua equipe, é bem provável que as tarefas não serão executadas com a qualidade e a agilidade que se espera, ocasionando em diversos outros problemas, como falta de padrão e organização das atividades, aumento do estresse e desmotivação dos colaboradores, baixa produtividade e desempenho do negócio, insatisfação dos clientes…

A lista é longa. Mas já deu para entender porque é tão importante desenvolver processos na corretora de seguros, né? Agora, partimos para o momento de arregaçar as mangas e colocar a mão na massa. 

Quem vem com a gente? 🚀

4 passos para criar processos na corretora de seguros

1. Mapear os processos que já existem

Tudo começa com o diagnóstico da sua corretora. Só ele será capaz de apontar possíveis direções rumo ao sucesso do seu negócio, indicando o que está funcionando bem e pode ser replicado em outras frentes, o que não está tão bom assim e precisa ser melhorado e também aquilo que só atrapalha e deve ser definitivamente eliminado. 

Para isso, você precisa fazer um levantamento de todos os passos necessários para conquistar cada objetivo. Por exemplo, uma venda pode envolver diversas etapas, como a atração de oportunidades de negócio, prospecção de clientes, nutrição de leads, relacionamento e promoções… Tudo para chegar ao momento ideal de fechar a venda com o cliente. 

É necessário mapear cada etapa que faz parte do dia a dia de todas as áreas da sua corretora, seja comercial, administrativa, financeira, sinistros… Entendendo a fundo como tudo começa, termina e o impacto que um processo pode gerar no outro (ou em outros).

Ao elaborar o mapa geral de processos na corretora, você consegue ter mais visibilidade sobre o seu funcionamento e, assim, elaborar estratégias para otimizar o trabalho de maneira 360°, estruturando as etapas necessárias e como elas podem ser executadas da melhor forma possível.

2. Planejar os processos na corretora

Depois de listar todos os processos que são executados na sua corretora, é provável que você já descobriu o que gera mais valor para o seu negócio e também aquilo que provoca algum problema ou falha no fluxograma.

Você deve utilizar toda essa base de informações a seu favor para montar um plano de ação e agir diretamente na raiz do problema ou da solução, priorizando o que é mais urgente ou o que pode trazer melhores resultados. E é aqui que entra o planejamento dos processos na corretora. 

O mercado de seguros é extremamente competitivo, então você precisa encontrar formas de se diferenciar da concorrência e conquistar a confiança do seu cliente, elaborando estratégias para tomar decisões mais assertivas, estruturar processos de forma inteligente e ampliar a margem de lucro.

Para tudo isso, é necessário construir um planejamento orientado a resultados, definindo o fluxo das tarefas, quais são os recursos necessários para realizá-las de maneira eficiente, quem fica responsável pelo que, quanto tempo cada processo deve levar e o que fazer caso algo não funcione como o planejado. 

3. Executar a gestão de processos

Tudo pronto para tirar a ideia do papel? Aqui, podemos dizer que não existe receita mágica, mas algumas iniciativas podem fazer toda a diferença na execução dos processos na corretora. Uma delas é a comunicação, tão crucial para o funcionamento de qualquer negócio.

Logo depois de definir o planejamento das ações, é necessário formalizar os processos à sua equipe, seja ela grande ou pequena. Para isso, a comunicação será a sua principal aliada, com o objetivo de esclarecer tudo o que envolve a rotina da sua corretora, como o fluxograma, as metodologias aplicadas, prazos, documentação, ferramentas utilizadas… 

Ah, por falar em ferramentas, outro ponto que pode otimizar e MUITO a gestão de processos na corretora é a automação das tarefas. Afinal de contas, a tecnologia vem para agregar ao seu negócio, ajudando a aprimorar suas atividades e também a medir o desempenho de cada tarefa.

E olha só como a Segfy já pensou em tudo para te dar uma super força: a plataforma oferece multicálculo + sistema de gestão integrados e 100% online, incluindo o controle de sinistros, propostas e apólices, agendamento de tarefas, emissão de relatórios, relacionamento com clientes e muito mais! Tudo isso por só R$60/mês, dá para acreditar? Assim, fica mais fácil deixar os processos na sua corretora exatamente do jeito que você queria. 😍

4. Medir para melhorar

Se engana muito quem acha que é só colocar tudo para funcionar, tchau e bença. Tá bem longe disso, ok? Para conquistar tudo o que você planejou, é preciso acompanhar de perto os processos na corretora, monitorando resultados, identificando melhorias e também oportunidades de crescer.

Você pode definir indicadores-chave de desempenho (os famosos KPIs - Key Performance Indicator) que vão apontar as métricas mais importantes para o sucesso do seu negócio, como: volume de entregas, taxa de conversão, rentabilidade e satisfação do cliente. 

São vários os indicadores que podem traduzir como estão, de fato, os processos na corretora, além de revelar quais estratégias funcionam (ou não), como é possível reduzir custos, os pontos que exigem mais atenção e os desafios a serem vencidos.

Também é preciso preparar a sua equipe de maneira contínua, não só para executar o protocolo já estabelecido, como também para incentivar o crescimento e a evolução de cada profissional, proporcionando treinamentos, novas formas de capacitação e o diálogo sempre aberto. Assim, todos se sentem mais motivados e caminham orientados ao mesmo propósito: evoluir sempre. 

Nada de se acomodar e achar que está tudo perfeito. A gente sabe que não faltam tarefas e desafios no seu dia a dia. Mas sempre vai existir algo que dá para melhorar, seja a qualidade do serviço, o rendimento da equipe, a redução de custos, a robustez do seu negócio, a percepção de mercado ou a entrega de valor para o seu cliente.

A criação de processos na corretora vem para te ajudar especialmente nisso, estruturando de maneira integrada, escalonável e inteligente tudo aquilo que vai ajudar a alcançar as metas estabelecidas, sejam elas de curto ou longo prazo. 

E aí, gostou das dicas de hoje? Então não deixe de curtir nosso Instagram, Facebook, LinkedIn e acompanhar os próximos conteúdos que preparamos para você, combinado? 😉 

Até a próxima! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se inscreva em nossa newsletter e receba novidades
Segfy, você + seguro 🧡
Segfy Tecnologia S/A | 30.254.990/0001-55 © 2021 Segfy ®. All rights reserved.