Você já parou para desenhar sua estratégia de e-mails de venda e relacionamento com o cliente? Por mais que os canais de comunicação digitais tenham crescido e o contato com o cliente fique disponível em vários lugares, o e-mail continua sendo a melhor opção na hora de construir confiança e um relacionamento constante com os seus clientes.

Gastar um tempo inicial desenhando estruturas de e-mails de venda, réguas de relacionamento e automatizações vai agilizar muito a sua empresa ao longo do tempo. Siga essas nossas 7 dicas essenciais:

1 - Segmente a sua base e personalize

Nem todo mundo precisa receber seus e-mails, por isso, ter uma base de dados organizada e segmentada vai ajudar que a comunicação seja mais personalizada com cada pessoa e sem deixar que os assuntos se percam no desinteresse. Entenda onde cada cliente está no seu funil de vendas para que eles não recebam comunicações no tempo errado.

2 - Dedique um tempo a mais para pensar no assunto do e-mail

Em uma passada rápida pela sua caixa de entrada, seu olho já se fixa nos assuntos mais importantes para dar atenção, já que nem sempre conseguimos dar conta do volume de informações que recebemos todos os dias. É aqui que um título de e-mail bem escrito pode fazer diferença para que a pessoa considere que é um assunto que vale sua atenção.

Diferença entre e-mails de venda X e-mails de relacionamento

É importante lembrar a função de cada tipo de e-mail que você está enviando. Uma grande diferença entre os e-mails de venda e os e-mails de relacionamento começa no título. Os e-mails de venda precisam de uma escrita mais persuasiva, que desperte interesse e uma ação do lado do cliente, já os e-mails de relacionamento podem ser mais claros no assunto, destacando a importância das informações na hora do cliente ter a experiência de uso com o seu serviço.

Para e-mails de venda, você pode usar alguns desses formatos: 

  • Curiosidade e mistério: deixe a pessoa com vontade de saber o que está dentro daquele e-mail. Ex: A dica de economia que ninguém te conta sobre o seguro do seu carro.
  • Perguntas: usar perguntas faz com que o cérebro da pessoa se prepare para responder, e isso pode fazer com que ela se interesse também na sua resposta, abrindo o e-mail. Ex: O que você faria se ficasse impedido de trabalhar? (gatilho para vender seguro de vida).
  • Gatilhos de urgência ou escassez: usando o tempo, ofertas exclusivas, ou pegando em alguma dor que tem muita relevância para o seu cliente. Ex: Acaba hoje a oportunidade para você garantir sua cotação com vantagens exclusivas.
  • Personalização: se você possui uma plataforma de e-mails que permite a personalização, use o nome da pessoa em alguns títulos. Ex: Maria, eu trouxe a solução que você pediu para o seguro da sua casa.
  • Tendências: preste atenção no que está acontecendo. Assuntos que estão nas notícias, preocupações e tendências mostram que sua empresa está atualizada e o cliente precisa dar uma resposta rápida para acompanhar. Ex: A temporada de chuvas chegou, sua casa está protegida?

Só cuidado com a linha tênue do título que é atrativo e do título que parece spam. Além das pessoas cansarem desse tipo de apelo, a próprio gerenciador de e-mails que a pessoa usa pode jogar ele direto para spam ou caixas de promoções, onde ficarão perdidos.

3 - Atenção ao visual

Na hora de construir o template dos seus e-mails, procure passar confiança e profissionalismo. Use a identidade visual da sua empresa se for possível, principalmente na assinatura

Destaque informações importantes do texto usando de negrito ou cores diferentes, preste atenção no espaço de leitura para não criar blocos de texto muito grandes onde a pessoa vai olhar correndo. Se for possível, também utilize imagens e botões no caso de precisar direcionar a pessoa para outro lugar para terminar a venda.

4 - Fique atento na estrutura do seu texto

Depois de criar um bom título e gerar interesse suficiente para que a pessoa abra e queira ver o que mais você tem a dizer, não decepcione! Crie uma estrutura clara de começo, meio e fim, com propósito definido.

No começo do texto você ainda deve trabalhar um pouco de gerar interesse e despertar a atenção, apresentar um problema e logo depois a solução, mostrar como ela funciona e até mesmo usar prova social em alguns casos, para terminar com uma chamada para ação pontual.

5 - Não disperse ideias

Pode ser que sua empresa trabalhe com um grande portfolio de seguros, com vários tipos de clientes, e isso pode fazer com que a pessoa se sinta perdida na hora de decidir contratar seus serviços. É importante entender a persona do seu cliente e conseguir segmentar essas personas entre os seus serviços na hora de fazer uma oferta certeira. 

Crie um funil de comunicação para venda que considere como e por onde a pessoa chegou até você, qual a dor principal que ela precisa resolver e só depois trabalhe a venda de serviços complementares ou adicionais.

6 - Confirme comunicações importantes por outros canais de contato

Na hora de melhorar o relacionamento com o cliente, existem momentos em que você vai precisar sincronizar comunicações entre canais diferentes e acompanhar a resposta do cliente. Se você mandou sua proposta e documentos importantes por e-mail, pode ser uma boa ideia confirmar com o cliente pelo WhatsApp o recebimento, principalmente nos primeiros contatos, para ter certeza de que o endereço de e-mail está correto e atualizado.

7 - Automatize o envio com uma boa plataforma para gerenciar o relacionamento com os seus clientes

Com a plataforma de gestão da Segfy, fica muito mais fácil proteger os dados dos seus clientes, gerenciar contatos e automatizar o envio de e-mails, aumentando suas vendas, recorrência e fidelização de clientes.

É fato que todo empresário já quebrou a cabeça alguma vez pensando em alternativas para diversificar seu mix de carteira. Não é uma tarefa simples, demanda estudo de persona, entendimento do produto, uma equipe preparada para levar a novidade ao mercado, entre outros fatores que com certeza fazem ou já fizeram parte da sua trajetória como corretor de seguros. 

As seguradoras lançam novos produtos no mercado com uma alta frequência, mas o que falta para que você consiga ampliar seu mix de carteira? 

A Segfy preparou um material especial, com três dicas quentes sobre como melhorar o mix de carteira da sua corretora. Acompanhe!

Conheça o seu cliente

O produto agrega efetivamente a vida do seu cliente ideal? 

Essa pergunta deve ser feita todas as vezes quando você pensar em um novo produto para o seu negócio. Ampliar o mix de carteira da sua corretora é uma ação que precisa de programação e estudos estratégicos para alcançar mais resultados. 

O Ideal Costumer Profile (ICP) é um conceito muito usado no mercado para definir o cliente ideal, aquele que vai compreender o valor efetivo do seu produto e se tornará promotor da sua marca.

Supomos que você tenha uma corretora focada em Seguro Automóvel e determinada seguradora lança um produto de seguros para motoristas de aplicativo - e você atende muitos clientes desse perfil. É a sua função absorver o máximo de conhecimento sobre o produto, entender como aquilo irá agregar ao seu cliente e incluir em seu mix de carteira. 

Por fim, saiba qual é o seu cliente ideal e como um novo produto trará valor efetivo na vida dessa pessoa, antes de incluir em sua carteira. 

Conheça o mercado

O mercado de seguros é amplo e dinâmico, as seguradoras estudam diariamente o comportamento do público e lançam produtos cada vez mais personalizados. Cabe a você entender, buscar detalhes e definir uma estratégia de venda efetiva para ter estes produtos em seu mix de carteira. 

Outro ponto importante é estar atento às tendências do cotidiano que façam sentido ao mercado segurador. 

Um exemplo disso, tem sido a procura por seguros de vida durante a pandemia. Segundo a Susep (Superintendência de Seguros Privados), no período de janeiro a setembro de 2020 houve um aumento de 11,7% na receita total, comparado ao ano anterior. 

Valorize o produto

Situações como: quando o cliente contrata seus serviços e poucos meses depois pede cancelamento, alegando insatisfação com o que foi ofertado, podem ser evitadas ao valorizar os diferenciais do produto no atendimento. E a melhor forma de fazer isso é descomplicando assuntos ao usar uma linguagem simples e de fácil entendimento.

Você deve ser referência no que está vendendo, isso traz mais credibilidade ao seu trabalho e aumenta as chances da venda se concretizar. 

Por fim, ter um mix de carteira bem planejado  é muito importante para sua corretora decolar. Com a Segfy tudo fica mais fácil. Conheça a  solução que oferece um dashboard estruturado Realize um teste gratuito por 7 dias em nossa ferramenta e se surpreenda com os resultados!

Leonardo Dulcio

Jornalista, com amplo conhecimento em marketing digital e produção de conteúdo para o segmento de seguros. Apaixonado por esportes e sempre disposto a aprender coisas novas.

Você sabia que mais de 80% do público brasileiro ainda não tem um seguro?

Pesquisas recentes apontam as inúmeras oportunidades, que você corretor possui, para conquistar novos clientes.

Para te ajudar, preparamos um conteúdo com dicas produtivas para você oferecer o seguro ideal, abordando detalhes que podem fazer a diferença na hora de fechar um negócio. Confira!

1 - Descubra as dores

Quais motivos fizeram este cliente buscar um seguro?

É importante você entender as causas que levaram o cliente até a sua corretora. Os motivos podem ser os mais variados e é a sua função personalizar o atendimento para cada um deles.

No ramo de automóvel, por exemplo, é comum as pessoas buscarem este serviço somente após passarem por um trauma ou acidente. Neste momento, você pode ser o condutor para trazer segurança e cuidado ao apresentar todos os benefícios que um seguro oferece.

Já um seguro de vida pede um atendimento mais sensível e próximo ao cliente. Muitas vezes essa pessoa vem do luto de ter perdido alguém, então é fundamental ter cuidado com as palavras, evitar termos fortes e apresentar com leveza as vantagens do produto.

Por fim, esteja sempre atento aos detalhes.

2 - Agregue valor ao seu produto

Após identificar o perfil e encontrar o seguro ideal, este é o momento de “encantar” o cliente.

Existem diversas estratégias para valorizar um produto, mas a principal delas é incluir ele, no caso o seguro, no dia a dia do cliente, mostrando como esse serviço pode facilitar e proteger todos os momentos de uma vida.

Mas lembre-se: nunca aumente ou tente utilizar práticas apelativas demais. Ser transparente é a melhor forma de demonstrar o valor agregado.

3 - Comunicação e proximidade

Você é formal ou descontraído na abordagem inicial ao seu cliente?

A primeira impressão é fundamental para que o cliente se sinta à vontade e mais confortável para lhe fornecer informações relevantes que poderão te ajudar a encontrar o seguro ideal.

Um exemplo clássico dessa prática em uma venda de seguro residencial, é saber se o segurado tem filhos. Quem não quer proteger ao máximo o lar com uma criança? Você absorve a informação com uma simples pergunta e utiliza isso um passo à frente na hora de explanar os argumentos de venda.

Dica: mantenha uma comunicação simples e clara e ajude a desmistificar que seguro é um produto difícil de adquirir.

4 - Pós venda

Seu cliente pode até ter encontrado um ótimo seguro com tudo que ele precisava para se sentir mais protegido. Mas quando acontece o primeiro sinistro, é fundamental você estar próximo e sempre disposto a ajudar.

Por isso, sempre que possível, esteja presente em todos os momentos, desde datas de aniversário, comemorativas e até em dias comuns, perguntando como ele está se sentindo. Isso pode ajudá-lo a ter certeza que encontrou o seguro e o corretor ideal.

Não é uma missão fácil encontrar o seguro ideal, mas existem muitos caminhos que facilitam essa busca. Seja flexível, aberto e disposto a entender o que seu cliente precisa e tudo tende a ter um desfecho feliz. (:

Você utiliza alguma outra estratégia para oferecer o seguro ideal ao seu cliente? Compartilhe com a gente!

Leonardo Dulcio

Jornalista, formado com amplo conhecimento em marketing digital e produção de conteúdo para o segmento de seguros. Apaixonado por esportes e sempre disposto a aprender coisas novas.

Uma pergunta muito comum no mercado de seguros é: Como se tornar um corretor de seguros de sucesso? Iniciamos este post respondendo de uma forma simples e direta: aprendendo. Todos os dias temos novas oportunidades de agregar mais valor ao nosso trabalho. E uma excelente maneira de fazer isso é aprender se divertindo!

Por este motivo, confira os 5 filmes que todo corretor de seguros precisa assistir ou rever para melhor empreender e assim, alcançar suas metas. Ao final do texto, listamos algumas dicas que farão a diferença para você entender o contexto das histórias e aplicar as ideias em seu dia a dia.

1 - O Lobo de Wall Street

Liderança e motivação para superar limites

O filme, indicado 5 vezes ao Oscar, traz uma lição importante de como ser um grande líder, motivar a equipe com entusiasmo, confiança e sede pelo sucesso ao retratar as memórias de Jordan Belfort - um ex-corretor da bolsa de valores norte-americana. Sua trajetória aborda pontos importantes para as carreiras empresariais sobre: determinação para alcançar o crescimento profissional e o quanto agir na ilegalidade pode prejudicar tudo que foi construído anteriormente. Belford era conhecido no mercado como "o Lobo de Wall Street" e fez sua fortuna por meio de fraudes, sonegação, corrupção e lavagem de dinheiro.

2 - O Homem que Mudou o Jogo

Persistência e quebra de paradigmas

A frase que abre o filme do treinador de baseball que decide ir contra o método tradicional - "é inacreditável o quanto você não sabe do jogo que tem jogado a vida toda", relaciona a existência dos personagens dentro e fora de campo. O contexto da obra é um relato honesto do momento em que um esporte (ou vários deles) parou de ser 100% jogado para ser pré-definido em gráficos e tabelas. Uma história baseada em fatos reais, que traz o confronto entre o velho e o novo, a imprevisibilidade do fator humano e a necessidade de mudar para alcançar novas vitórias.

3 - À Procura da Felicidade

Foco e perseverança vendem

Uma história real e motivadora de um vendedor que pauta sua vida com inteligência, bom humor e determinação para alcançar as metas. A mensagem principal é sobre dar a volta por cima e desenvolver a capacidade de lidar com diferentes perfis de pessoas - é isso o que permite sua sobrevivência nas piores experiências. Um contexto de perseverança, foco, resiliência e muito trabalho: "se você quer uma coisa, corra atrás”.

4 - Walt Antes do Mickey

Empreender é apostar em seu talento

Uma narrativa sobre os obstáculos enfrentados nos negócios por Walt Disney até a criação do personagem Mickey Mouse. Uma das frases mais citadas sobre o filme e que vale para qualquer um que queira empreender é: “sempre termine o que você começar. E seja lá o que estiver fazendo, faça bem”. Considerado um dos maiores empreendedores de todos os tempos, Walt Disney passou pela experiência de quase falir mais de uma vez e deixou lições fantásticas de como é possível sonhar, resistir, criar e realizar.

5 - Steve Jobs

Criatividade para inovar

O criador da maior empresa de tecnologia do mundo, Steve Jobs tornou-se uma boa influência para criar algo único e inspirador como principal diferencial competitivo da marca Apple. O filme é uma inspiração em muitos sentidos, focando na inovação e criatividade para transformar projetos precários, como o Macintosh (1984), em grandes sucessos. A maior lição apresentada é que um sonho pode ser possível desde que você tenha as ferramentas necessárias para torná-lo realidade.

Gostou das indicações? Talvez você já tenha assistido alguns deles, afinal são filmes clássicos, mas, sempre é bom rever com um novo olhar focado em resultados. Esperamos que você tenha boas inspirações para se tornar um corretor de seguros melhor, agregando mais aprendizados para lidar com todos os momentos de seu negócio.

Lembre-se: a chance de aprendermos algo novo está presente em nosso dia a dia, nas pessoas que nos cercam, mas principalmente nas escolhas que fazemos. Por isso…

  • Anote todas as ideias que surgirem
  • Fique atento ao contexto e aos detalhes de cada cena
  • Assista mais de uma vez com um novo olhar
  • Entenda que grandes empreendedores se inspiram em boas histórias

Se você assistiu algum outro filme com boas lições para os corretores de seguros, deixe seu comentário para que a gente inclua nesta lista.

É isso. Agora é só preparar a pipoca. Bom filme! 🙂

Andressa Maltaca
Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital e de Conteúdo. Pós-Graduada em Gestão de Mídias Digitais, é apaixonada por comunicação, informação e estratégias criativas com foco no segmento de seguros.

Se inscreva em nossa newsletter e receba novidades
Segfy, você + seguro 🧡
Segfy Tecnologia S/A | 30.254.990/0001-55 © 2021 Segfy ®. All rights reserved.